Buscar
  • BDB Cultural

Relação entre a matemática e os livros é tema de mesa na BDB

Professores da disciplina, uma das mais temidas dos alunos, apresentam outra visão do mundo da geometria e álgebra na BDB Cultural, dia 6, às 19h

FOTO: Professora Ana Gabriella - Acervo pessoal


Embora as operações aritméticas e o pensamento lógico sejam parte da educação desde a alfabetização, é grande a quantidade de alunos que morre de medo da matemática. Uma boa forma de quebrar este paradigma é adotar a literatura que aproxima esse assunto dos alunos por meio da ficção e da criatividade que vai além das fórmulas. A BDB Cultural constrói essa ponte em uma mesa em homenagem ao Dia da Matemática, que será transmitida nas redes sociais da iniciativa no dia 6, às 19h, com a participação de professores especialistas: Paulo Garcia de Andrade, Maria Das Dores Brigagão e Ana Gabriella de Oliveira.

“Desde que comecei a estudar, sempre tive facilidade com a matemática, que me deu muitas coisas. Quando me aposentei, resolvi escrever um livro que se intitula A vida e a matemática. Na capa desse livro, eu coloquei a foto de uma águia e muita gente não entende a relação, mas para a águia sobreviver ela precisa da matemática. Ela vive até 70 anos raciocinando, fazendo contas. Ela é a prova de que a matemática é parte da vida, está em todos os lugares”, aponta o professor Paulo Garcia de Andrade.

Esse pensamento vai ao encontro do que defende a professora Mª Das Dores Brigagão: “A importância da matemática está ligada à sua aplicação a tudo que nos cerca. Nossas atividades domésticas, a administração de uma casa, como disse Platão: ‘os números governam o mundo’. Neste encontro, pretendo abordar formas de ensino da matemática mais criativas, que geram aprendizados significativos, em especial no ensino fundamental. O que a gente quer não é que o aluno passe a vida decorando regras, mas entendendo essa lógica que está por trás das contas”, afirma a professora.

Mais jovem da mesa, a professora Ana Gabriella de Oliveira aposta fortemente na aplicação das técnicas de O homem que calculava, livro de Malba Tahan, para criar essa ponte entre alunos e a disciplina matemática. “O Dia da Matemática é um marco histórico para nós, para podermos nos aproximar dos estudantes, para refletir sobre a educação matemática. Eu acredito que nada melhor a representa que a literatura de Malba Tahan, que tem várias obras que constroem essa ponte”, afirma a especialista na obra do célebre matemático brasileiro.

Sobre a BDB Cultural

A BDB Cultural é uma iniciativa do governo federal, por meio da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo, em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e, por meio de um termo de colaboração, com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude. A agenda que o projeto executará na BDB segue até março de 2022.

“Com a BDB Cultural, vamos renovar a prática de ser uma referência a outras bibliotecas do país para que elas possam abrir suas asas para voos mais altos e dar vida aos seus espaços”, diz o coordenador-geral da BDB Cultural, Marcos Linhares.

Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural no Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa.

Sobre os convidados

Ana Gabriella de Oliveira é educadora alfabetizadora apaixonada pela educação matemática. É professora da Escola Municipal Souza Lima, em Cristalina-GO, desde 2017. Mestre em ciências naturais, é autora do artigo “Vivenciando Malba Tahan”, publicado academicamente e até no próprio site oficial do matemático.

Maria das Dores Brigagão é graduada em matemática pelo Uniceub de Brasília. É autora de livros como Fantástica Matemática: procedimentos geradores de aprendizagem significativa (2018) no qual se detém em arrojados planos de ensino de matemática para os alunos do ensino fundamental, em especial da fase 2 (5º ao 9º ano).

Paulo Garcia de Andrade é professor de matemática e autor de A vida e a matemática (2015) em que filosofa sobre as formas em que o raciocínio lógico-matemático se intrinca em ambientes que não imaginamos, inclusive nas formas de lidarmos com as emoções e o medo ao fracasso.

Serviço:

BDB Cultural – Maio de 2021

"A matemática e os livros” com os professores Paulo Garcia de Andrade, Maria Das Dores Brigagão e Ana Gabriella de Oliveira.

06/05 - Transmissão no Facebook e no YouTube da BDB Cultural, às 19h.

Outras informações:

Site www.bdbcultural.com.br

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

373 visualizações1 comentário