Buscar
  • BDB Cultural

Poetas celebram o centenário da Semana de 22


  • Antonio Miranda, Luis Turiba e Augusto Niemar debatem na BDB Cultural o legado do movimento modernista na arte e na poesia brasileira


FOTO: Reprodução do Cartaz criado por Di Cavalcantti para o evento

Quando ocuparam o Teatro Municipal de São Paulo entre 13 e 17 de fevereiro de 1922 com exposição, música e literatura, os artistas envolvidos na Semana de Arte Moderna sabiam que tinham um plano ambicioso de nova visão para a arte, mas não podiam imaginar que 100 anos depois aquele evento seria considerado um dos principais definidores da identidade nacional.


No próximo mês, comemora-se o centenário desta programação que reuniu nomes como Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Cândido Portinari e Victor Brecheret (nas artes visuais); Mário e Oswald de Andrade, Menotti del Picchia e Graça Aranha (na literatura); e Heitor Villa-Lobos (na música). Com o aniversário do ponto de encontro de tantas estrelas da arte brasileira, a BDB Cultural não poderia ficar de fora das comemorações.


Para celebrar o evento, a iniciativa recebe um trio de poetas formado por Antonio Miranda, Luis Turiba e Augusto Niemar. “É importante celebrarmos esta data pelo legado que nos deixou a Semana de 22, foi um grande momento de união de poetas e artistas que buscavam valorizar a cultura popular nacional”, afirma Antonio Miranda.


“Essa semana durou um século, ela foi a raiz de movimentos que até hoje inovam nossa arte. No lugar daquela voz engomada do parnasianismo de Olavo Bilac, Oswald [de Andrade] nos apresentou desde o Manifesto Pau-Brasil, que procurava traduzir para as condições brasileiras. Foi um divisor de águas”, completa Luis Turiba.

Sobre a BDB Cultural

A BDB Cultural é uma iniciativa do governo federal, por meio da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo, em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e, por meio de um termo de colaboração, com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude. A agenda que o projeto executará na BDB segue até dezembro de 2022.

“Com a BDB Cultural, vamos continuar realizando uma programação cultural que possa servir de referência a outras bibliotecas do país, visando inspirar esses espaços tão importantes para o livro, a leitura, a literatura, enfim para a cultura e a cidadania como um todo”, diz o coordenador-geral da BDB Cultural, Marcos Linhares.

Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural no Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa.

Sobre os convidados

Antonio Miranda é um poeta maranhense nascido em 5 de agosto de 1940. Membro da Associação Nacional de Escritores. Foi colaborador de revistas e suplementos literários como o Suplemento Dominical do Jornal do Brasil e também o La Nación (Buenos Aires, Argentina) e Imagen (Caracas, Venezuela). Professor e ex-coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Universidade de Brasília, Brasil, ministra aulas e cursos por todo o Brasil e países ibero-americanos. Organizador e primeiro Diretor da Biblioteca Nacional de Brasília, instituição que comandou de fevereiro de 2007 a outubro de 2011 e de fevereiro de 2015 a maio 2017. É doutor em Ciência da Comunicação (Universidade de São Paulo, 1987).

Luis Turiba é poeta e jornalista. Nasceu em Pernambuco, em 1950, e viveu em Brasília por 40 anos até se instalar no Rio de Janeiro, tendo recebido o título de Cidadão Brasiliense pelos serviços prestados à cultura da cidade. Sua estreia na poesia se deu pela publicação do livreto “Kiprokó” em 1977. Recebeu o Prêmio Candango de Literatura do Governo do Distrito Federal, em 1998, pelo livro-CD “Cadê” e publicou também a "Bala” (2005).

Augusto Niemar é poeta e “guardador de livros”, como se define. Natural de Itatiaia, Goiás, é professor do curso de letras na Universidade de Brasília, pós-doutor em literatura portuguesa pela Universidade do Minho (Portugal), doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense (UFF; 2008). Publicou três coletâneas de poemas e também uma série de livros infanto juvenis. Recebeu vários prêmios literários, inclusive uma menção honrosa no Concurso Nacional de Literatura Cidade de Belo Horizonte.

Serviço:

BDB Cultural – Janeiro de 2022

Mesa “A poesia na Semana de Arte Moderna”, com os poetas Antonio Miranda, Luis Turiba e Augusto Niemar.

20/01, quinta-feira, a partir das 21h- Transmissão no Facebook e no Youtube da BDB Cultural.

Outras informações:

Site www.bdbcultural.com.br

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

6 visualizações0 comentário