Buscar
  • BDB Cultural

"Mulheres empoderadas” se volta à arquitetura


  • Lia Siqueira, chamada pelo “O Globo” de “dama da arquitetura” fala sobre as relações de gênero com o ofício e da arquitetura de bibliotecas


FOTO: Lia Siqueira - Leo Aversa / Acervo pessoal


O “Mulheres empoderadas” é realizado mensalmente na BDB Cultural, mas neste mês a programação foi em dose dupla. Além do debate sobre as relações de gênero com a biblioteconomia, exibido no dia 24, a iniciativa encerra sua agenda de setembro com uma edição que vai discutir como as mulheres se encaixam na arquitetura. É convidada para o debate a arquiteta Lia Siqueira, apelidada de “dama da arquitetura” pelo jornal O Globo. O evento será transmitido no dia 30, às 21h, nas redes sociais da BDB Cultural.


Durante a conversa Lia Siqueira fala de sua carreira e das dificuldades específicas que as mulheres têm de enfrentar em um ofício que foi por muitos anos dominado pelos homens, até uma modernidade muito recente. “As mulheres ainda enfrentam dificuldades particulares no universo da arquitetura, assim como na maioria dos âmbitos sociais”, resume ela.

Além dos imperdíveis conselhos que ela dá a jovens que desejam seguir na profissão de arquitetas, Lia também fala da função social que pensa para cada um dos edifícios que projeta — inclusive as bibliotecas.


“O leitor precisa se identificar e poder pertencer a aquele espaço. Na biblioteca temos oportunidade de nos aproximar dos livros, elemento que assim como nós, é cheio de vivências e histórias que se transmitem à sua estrutura. A biblioteca ideal deve ser pensada como um espaço de acolhimento. Além disso, possibilitar o convite ao lúdico e ao potencial transformador”, afirma ela.

Sobre a BDB Cultural

A BDB Cultural é uma iniciativa do governo federal, por meio da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo, em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e, por meio de um termo de colaboração, com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude. A agenda que o projeto executará na BDB segue até março de 2022.

“Com a BDB Cultural, vamos renovar a prática de ser uma referência a outras bibliotecas do país para que elas possam abrir suas asas para voos mais altos e dar vida aos seus espaços”, diz o coordenador-geral da BDB Cultural, Marcos Linhares.

Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural no Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa.

Sobre Lia Siqueira

Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro, Lia Siqueira iniciou sua carreira no escritório alemão Weildling, Kettner & Dr. Werner. De volta ao Brasil e 1986, criou a Azul Arquitetura & Design — atualmente Siqueira + Azul Arquitetura — onde passou a desenvolver projetos residenciais, comerciais, corporativos e design de mobiliário. Premiada pelo IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil). Lia tem trabalhos publicados em revistas e livros no Brasil e no exterior e seus móveis estão expostos em Etel Marcenaria, em São Paulo, e na Espasso, em Nova York.

Serviço:

BDB Cultural – Setembro de 2021

“Mulheres e arquitetura”, mesa da série “Mulheres empoderadas” de Lia Siqueira.

30/9- Transmissão no Facebook e no Youtube da BDB Cultural a partir das 21h.

Outras informações:

Site www.bdbcultural.com.br

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

7 visualizações0 comentário