Buscar
  • BDB Cultural

Mesa fala sobre a literatura de mulheres negras na BDB


  • Bate-papo "Escritos de Mulheres Negras: Outras narrativas" vai ao ar dia 14, 17h, nas redes sociais da BDB Cultural



FOTO: Nanda Fer Pimenta - Acervo Pessoal


A BDB Cultural recebe no dia 14, às 17h, três escritoras do DF, Cristiane Sobral, Tatiane Nascimento e Nanda Fer Pimenta, que falam sobre suas produções literárias. A mesa "Escritos de Mulheres Negras: Outras narrativas", com mediação da pesquisadora de comunicação Kelly Quirino, abordará os processos criativos de cada uma delas e de suas carreiras literárias. Elas também discorrem sobre alguns livros escritos por mulheres negras que marcaram suas trajetórias artísticas.

“A nossa literatura nasceu de mulheres negras. Começamos com escritoras como Maria Firmina dos Reis ou Esperança Garcia. Imagina as condições adversas de mulheres negras que no século XVIII, XIX conseguiram se alfabetizar. Para chegar a Carolina Maria de Jesus, a Conceição Evaristo, a gente passou por muitas outras e nós temos que impedir que essa tradição seja apagada”, afirma a escritora Cristiane Sobral.

A escritora Tatiana Nascimento completa. “A literatura pode combater o preconceito assim como pode referendá-lo. Os tipos de mundo que as produções artísticas – literárias ou não – criam dependem de que intenção é posta naquilo, de que desejo é nutrido”, diz ela, que é criadora de uma editora independente, a Padê Editorial.


FOTO: Cristiane Sobral - Acervo Pessoal


Todas as autoras presentes na mesa publicam suas obras de maneira independente e dizem que isso é uma resposta a um mercado que as excluiu das prateleiras por algum tempo. “Para artistas com uma pele como a minha, há uma dificuldade de ser vista, de ser entendida como um agente cultural, como escritora, como artista, ou mesmo como uma protagonista da própria história”, completa Nanda Fer Pimenta.

A mediadora da mesa, Kelly Quirino, conclui esse pensamento. “As pessoas negras são diferentes, são plurais, elas têm expectativas e sonhos diferentes, então é importante a gente colocar isso na literatura, ir além do racismo. E as mulheres negras têm trazido essas diferentes visões, outras narrativas negras, para seus trabalhos em texto, música, em arte”, afirma Kelly.

Sobre a BDB Cultural

A BDB Cultural é uma iniciativa do governo federal, por meio da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo, em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e, por meio de um termo de colaboração, com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude. A agenda que o projeto executará na BDB segue até março de 2022.

“Com a BDB Cultural, vamos renovar a prática de ser uma referência a outras bibliotecas do país para que elas possam abrir suas asas para voos mais altos e dar vida aos seus espaços”, diz o coordenador-geral da BDB Cultural, Marcos Linhares.

Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural no Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa.

Sobre as convidadas


FOTO: Tatiana Nascimento - Acervo pessoal


Cristiane Sobral é carioca e vive em Brasília. Multiartista, é atriz, escritora e professora de teatro. Bacharel em Interpretação, Licenciada em Teatro e Mestre em Artes (UnB). Tem 11 livros publicados em vários gêneros e está em campanha de financiamento para publicar uma quarta edição de seu texto mais conhecido Não vou mais lavar os pratos www.benfeitoria.com/crissobral . Dirigiu por 17 anos a Cia. Cabeça Feita onde realizou trabalhos premiados. Atuou em teatro, também no cinema e em peças publicitárias. Publicou as dramaturgias Uma Boneca no Lixo e Esperando Zumbi, espetáculo mais recente. A peça conquistou o 1º lugar no FFF Festival Frente Feminina, DF. Fez também temporada em Moçambique, Maputo, Brasília e Belo Horizonte. A dramaturgia foi publicada na Antologia de Dramaturgia Negra - FUNARTE.

Kelly Quirino é doutora em Comunicação pela Universidade de Brasilia (UnB), Mestre em Comunicação Midiática e Jornalista Diplomada pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mequita Filho", Câmpus Bauru. Pesquisadora associada ao Intercom nas áreas de jornalismo impresso e jornalismo especializado. Atuo na área de Comunicação da Fundação Banco do Brasil com produção de conteúdo externo, comunicação interna e eventos. Fui pesquisadora visitante por meio do Programa Doutorado-Sanduíche da Capes na Tulane University no período de Agosto de 2015 a Maio de 2016. Pesquiso jornalismo, relações raciais e diversidade.

Nanda Fer Pimenta é poeta, performer, escritora e estudou Licenciatura em Artes Cênicas pela UnB. Natural de Canavieiras-BA, tem 29 anos e poeta desde os 17. Reside em São Sebastião-DF onde atua na cena cultural junto ao Movimento Supernova. Um panorama de sua produção poética está presente em seu primeiro livro, Sangue. Lançado em 2018 pela Padê Editorial, no mesmo ano foi ganhador do Troféu Dente de Ouro – Categoria Poesia, realizado pela Dente Feira de Publicações (DF). Também integra a coletânea Voz poesia falada, organizado por Ádila Maciel em 2016.

Tatiana Nascimento é poeta, tradutora, compositora, cantora e pesquisadora em literaturas da diáspora negra sexual-dissidente. É doutora em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); licenciada em Letras – Português pela Universidade de Brasília (UnB); professora voluntária na UnB; editora-co-fundadora da Padê editorial, que publicou desde sua fundação, em 2016, mais de 50 títulos de autoras negras e/ou lésbicas em livros artesanais; é idealizadora e realizadora da Semilla – Feyra de Publicadoras; co-fundadora e realizadora da Palavra Preta – Mostra Nacional de Negras Autoras; idealizadora da Quanta! Mostra de Artistas LBTs do DF; integrante do Coletivo de Escritorxs da Literatura LGBT do DF; idealizadora, co-fundadora, realizadora do primeiro Slam das Minas nacional (o de brasília/DF!); criadora do portal www.literatura.lgbt Traduziu para a Bazar do Tempo três livros de poesia de Audre Lorde, que, reunidos foram lançados com o título “Entre nós mesmas”

Serviço:

BDB Cultural – Agosto de 2021

Bate-papo "Escritos de Mulheres Negras: Outras narrativas" com a presença das escritoras Cristiane Sobral, Tatiana Nascimento e Nanda Fer Pimenta. Mediação de Kelly Quirino.

14/7 - Transmissão no Youtube e no Facebook da BDB Cultural, às 17h.

Outras informações:

Site www.bdbcultural.com.br

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

3 visualizações0 comentário