Buscar
  • BDB Cultural

"Encontro terapêutico” debate constelações familiares na BDB Cultural


  • Dora Lima, consteladora há mais de 20 anos, comanda debate na iniciativa

FOTO: Dora Lima - Acervo Pessoal


Há momentos da vida em que os problemas estão tão presentes que é difícil enxergar as soluções. Fazer ver, essa é a principal função da terapia por constelações familiares, que é o tema do “Encontro terapêutico” deste mês na BDB Cultural. A iniciativa realiza mensalmente um encontro que tem o objetivo de contribuir para o crescimento pessoal do público e desta vez a convidada é Dora Lima, psicóloga e consteladora há mais de duas décadas, que vai explicar como funciona essa terapia e os efeitos benéficos que ela pode trazer. A transmissão do evento será no dia 21, segunda-feira, às 19h, nas redes sociais da BDB Cultural.

“Meu objetivo é fazer uma aproximação deste tema para quem teve pouco contato com ele. Quero falar do que é a terapia, para que ela se aplica e de quem se beneficia das constelações”, diz Dora. Em linhas gerais, o processo se dá com a escolha de representantes que interpretam familiares do constelado e a partir desses representantes e das histórias que se contam ao longo da terapia, o constelado pode enxergar em suas relações pessoais problemas que antes não podia ver.

“Vai ser uma oportunidade de aproximação. Como a constelação familiar é um trabalho fenomenológico, você nunca sabe o que vai acontecer. É um grupo de pessoas voluntárias que se constitui e que ali executa a terapia. Não dá para ficar de boa, observando neutro em uma reunião, existe um campo energético, um silêncio que inicia o grupo e que permite sentir muitas coisas. Não é possível expressar exatamente em palavras esse campo, mas ele é tão sensível a quem visita uma reunião que ninguém sai da mesma forma que entrou”, afirma Dora.

Como em uma transmissão é impossível reproduzir a dinâmica do campo, a consteladora vai aproveitar a oportunidade para responder às perguntas que sempre são feitas a ela sobre como funciona o processo e convidar o público a buscar constelações que ocorram próximo de onde cada um reside. “Vou descrever o setting terapêutico, como ele é montado, falar dos conceitos que embasam a constelação, mas principalmente falar da compreensão que é alcançada durante esse fenômeno. Acho que todos nós temos coisas a descobrir sobre nossas relações e todos deveríamos experimentar esse processo”, conclui.

Sobre a BDB Cultural

A BDB Cultural é uma iniciativa do governo federal, por meio da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo, em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e, por meio de um termo de colaboração, com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude. A agenda que o projeto executará na BDB segue até março de 2022.

“Com a BDB Cultural, vamos renovar a prática de ser uma referência a outras bibliotecas do país para que elas possam abrir suas asas para voos mais altos e dar vida aos seus espaços”, diz o coordenador-geral da BDB Cultural, Marcos Linhares.

Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural no Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa.

Sobre Dora Lima

Dora Lima é piauiense, radicada em Brasília-DF. Ela é psicóloga e é especialista em Constelações Familiares, formada pelo Instituto Bert Hellinger, instituto que guarda a memória do psicoterapeuta que iniciou este estudo. Atua como consteladora há 20 anos.

Serviço:

BDB Cultural – Junho de 2021

"Encontro terapêutico” com Dora Lima, especialista em Constelações Familiares.

21/06 - Transmissão no Youtube e no Facebook da BDB Cultural, às 19h.

Outras informações:

Site www.bdbcultural.com.br

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

41 visualizações0 comentário