top of page
Buscar
  • Foto do escritorBDB Cultural

Encontro de mulheres destaca "A força da mulher no Carnaval”

Atualizado: 16 de fev. de 2023


  • Betinha, maestrina do bloco carnavalesco Asé Dudu, participa de bate-papo na BDB Cultual no dia 23, às 19h30


FOTO: Betinha Cintra do Asé Dudu - Lucas Rezende/BDB Cultural

O “Encontro de mulheres” de fevereiro contará com a presença de um ícone feminino do Carnaval brasiliense. Betinha Cintra, responsável e maestrina do grupo de percussão Asé Dudu, dono de um dos mais populares e tradicionais blocos afro da folia no DF, fala com o público da BDB Cultural no dia 23, quinta-feira, às 19h30.


O bate-papo gratuito e presencial no auditório da Biblioteca Demonstrativa (506/507 Sul) será sobre “A força da mulher no Carnaval” e força é o que não falta a Betinha. Ela é uma mulher com a força necessária tanto para tocar os atabaques do Asé Dudu por horas, ao mesmo tempo que canta, como para liderar as aulas de capoeira que dá. Mas a força de Betinha, mais que física, está em superar as barreiras que a vida lhe trouxe.


“Sempre que venho a biblioteca penso na resistência do povo negro que acabou sendo apagada dos livros de história que temos nas prateleiras. Esforços como o meu e do Asé Dudu são para resgatar essa tradição, para manter viva a nossa cultura”, diz ela.


Claro que Betinha enfrentou adversidades por ser uma mulher na liderança de um bloco de Carnaval, episódios de assédio e de machismo ainda são presentes, mas ela não deixa isso tirar o brilho da festa. “Eu sou uma pessoa movida a Carnaval. Minha família é ligada ao carnaval, mas é parte da folia a gente se sentar junto para assistir aos desfiles das escolas de samba. Posso garantir que animação não faltava em casa. Nós, do Asé Dudu, inclusive, ensaiamos na casa da minha mãe, um terreiro em Taguatinga, eu vivo o Carnaval o ano todo", afirma ela.

Sobre a BDB Cultural

A iniciativa BDB Cultural é resultado de uma colaboração com o Ministério da Cultura em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude para a criação de uma programação cultural para a BDB.

Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural nos canais do Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural ), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural ), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/ ) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa.

Sobre Betinha e o Asé Dudu

Elizabete Cintra, a Betinha, é uma brasiliense que atua em diversas frentes para a divulgação da cultura de matrizes africanas. É a líder percussiva do grupo Asé Dudu, que realiza apresentações que valorizam a música afro-brasileira, fundado há mais de 30 anos. Além disso, Betinha é professora de capoeira e dá aulas em escolas particulares e públicas de todo o DF. Atua ainda no grupo Sambadeiras de Bimba, que faz um resgate da tradição do samba de roda.

Já o grupo percussivo Asé Dudu, que ela atualmente lidera, é especializado em um trabalho que passa por oficinas de percussão, apresentações privadas, mas, sobretudo, pelas tradicionais apresentações nas ruas do DF, sendo um dos blocos de rua mais antigos do carnaval de Brasília, membro da Liga dos Blocos Tradicionais. Sua formação completa conta, no momento, com 40 músicos.

Serviço:

BDB Cultural – Fevereiro de 2023

“Encontro de mulheres” com o tema "A força da mulher no Carnaval” com Betinha Cintra do Asé Dudu. Mediação: Bruna Presmic.

23/02, quinta-feira, 19h30- No auditório da BDB (506/507 Sul) e com exibição no Youtube da BDB Cultural.

Outras informações:

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

37 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page