top of page
Buscar
  • Foto do escritorBDB Cultural

Claudinha Flor de Cacau faz contação de histórias na BDB Cultural


  • Contadora de histórias se apresenta na iniciativa no dia 20 de novembro como parte da programação de aniversário da Biblioteca Demonstrativa e também celebrando do Dia Nacional da Consciência Negra


FOTO: Claudinha Flor de Cacau - Acervo pessoal A BDB Cultural recebe no dia 20, segunda-feira, uma agenda lotada de atividades, especialmente contações de história, para comemorar os 53 anos de existência da Biblioteca Demonstrativa do Brasil. Entre as contadoras de história convidadas está Claudinha Flor de Cacau, que se apresenta às 15h.

Claudinha sobe ao palco da Biblioteca Demonstrativa do Brasil (506/507 Sul) recuperando uma versão de uma história tradicional do Quênia, país africano, como forma de celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra, que também é celebrado em 20 de novembro.

A história escolhida por ela é “As panquecas da Mama Panya”, que foi recuperada pelos autores Mary e Rich Chamberlin. A trama trata de um menino, Adika, que ao sair com a mãe (Mama Panya) para comprar ingredientes para fazer panquecas, vai encontrando amigos pelo caminho e os convidado para comer. A mãe fica preocupada, pois não tem como fazer panquecas suficientes para todos, já que possui apenas algumas moedas. Mas a colaboração acaba sendo o valor mais importante do que o dinheiro.

“Fiz a escolha de uma história africana pelo fato de que o aniversário da biblioteca ser o mesmo dia que comemoramos o Dia da Consciência Negra, um diia de reflexões sobre o racismo. A diversidade é um dos bens mais preciosos que temos e apenas tendo essa representatividade teremos um país mais justo e igualitário. Escolhi essa história, especificamente, pelos valores de solidariedade, generosidade e vida comunitária. O que importa não é quanto a pessoa tem, mas sua disposição em compartilhar isso com os outros", condensa Claudinha. Sobre a BDB Cultural A iniciativa BDB Cultural é resultado de um termo de colaboração entre o Ministério da Cultura e a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude para a criação de uma programação cultural para a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB). Para saber mais sobre os próximos cursos e eventos oferecidos, acompanhe as novidades da BDB Cultural nos canais do Youtube (https://www.youtube.com/c/BDBCultural ), no Facebook (https://www.facebook.com/bdbcultural ), Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural/ ) e no site www.bdbcultural.com.br da iniciativa. Sobre Claudinha Flor de Cacau Claudinha Flor de Cacau é professora da Secretaria do Estado da educação do Distrito Federal há 32 anos. Contadora de histórias, mediadora de leitura, musicista, brincante, escritora, poeta. Graduada em Letras/Literatura e Pedagogia. Especialista em Orientação Educacional e Gestão Escolar. Atua na formação continuada de professores já há 11 anos no Centro de Vivências Lúdicas Oficinas Pedagógicas. Leva as linguagens artísticas como literatura, música, brincadeira, dança, entre outros componentes da Arte em suas performances. Traz os brinquedos cantados, rodas e cantigas que ajudam na preservação e divulgação das tradições culturais do Brasil. Serviço: BDB Cultural – Novembro de 2023

Espetáculo com contação de histórias presencial com Claudinha Flor de Cacau.

20/11, segunda-feira, 15h - Atividade presencial realizada no auditório da BDB (506/507 Sul, Brasília-DF).

Outras informações:

Facebook.com/bdbcultural

Instagram - @bdbcultural

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page